Lifetycon

Sempre que pensamos em investimentos, o primeiro passo antes de seguir em frente é identificar o perfil de investidor. Essa medida vai permitir uma decisão mais segura. Em entrevista ao jornalista Jucinei da Chaga, a economista, Laura Pacheco deu algumas dicas para definir em qual estagio você se encontra e quais as características que podem definir cada perfil.

A identificação do perfil de investidor pode ser definida a partir do resultado de uma análise das características em relação a investimentos, e principalmente ao risco nele envolvido.

A economista, destaca alguns critérios que ajudam a nortear a definição de perfil;

– Grau de conhecimento sobre o mercado de investimentos

– Urgência em resgatar os valores investidos

– Idade do investidor – Teoricamente, pessoas mais jovens podem se expor mais

– Sua situação financeira para assumir riscos

– Controle emocional

Laura reforça, que a melhor forma para definir, é buscar informação sobre os modelos de investimentos disponíveis, assim, será possível diminuir o medo da exposição.

De qualquer forma, é importante compreender que essa ação, tem um objetivo central, que é a proteção do investidor.

Basicamente existem três modelos de investidores;

Conservador

Esse tipo de investidor prioriza a segurança em suas aplicações.

Moderado

Esse investidor está entre os conservadores e os arrojados. Ele gosta de segurança, mas já possui tolerância a riscos de longo prazo. Assim, opta por investimentos mais arriscados dependendo da situação.

Arrojado ou agressivo

Esse investidor não sente muito frio na barriga. Ele entende que as perdas a curto prazo são momentâneas e necessárias para aproveitar lucros mais altos a longo prazo. Esse modelo, geralmente conhece de forma ampla o mercado de investimento.

Posts relacionados

Leave a Comment

Lifetycon © 2021
Lifetycon © 2021
×