Basicamente existem dois tipos de precatórios, o alimentar e o comum.

Os precatórios de natureza alimentar são aqueles que têm origem em questões judiciais de salários, pensões, aposentadorias, indenizações por morte e invalidez.

Já os precatórios de natureza comum são aqueles créditos que não estão relacionados a questões salariais ou previdenciárias, e sim a condenações por desapropriações e tributações, por exemplo.

Existe ainda o modelo Requisição de Pequeno Valor (RPV). A diferença é que o RPV é pago mais rapidamente do que o precatório, já que seu valor é menor e não precisa esperar a organização do orçamento anual do governo (LOA, Lei Orçamentária Anual). O prazo médio desses pagamentos é de 3 meses.

Entenda;

Posts relacionados

Leave a Comment

×