O sistema de segurança utilizado no mercado de criptomoedas, a blockchain poderá ser adotado para a contagem de votos no brasil. O Tribunal Superior Eleitoral – TSE, abriu um edital público voltado para empresas de tecnologia com a ideia é reunir o máximo de propostas para mudar o sistema eletrônico de votação no país.

O modelo atual é utilizado desde 1996. Segundo o TSE, a iniciativa faz parte do projeto “Eleições do Futuro”, que tem como objetivo usar a tecnologia em favor do cidadão.

Segundo o presidente do TSE, Luís Roberto Barroso, o edital pretende tornar mais barato e prático o sistema de votação brasileiro. Inclusive, o foco do processo é promover formas de a votação ser realizada on-line.

Posts relacionados

Leave a Comment

×